PAFC-7A, 7E, 7G

APRESENTAÇÃO DO PROJETO

MOVE-TE PELA FLORESTA

A floresta tudo dá – gera riqueza, pincela paisagens únicas, alberga um sem-número de vidas, limpa os ares, purifica águas, protege o solo, dá emprego, deslumbra turistas e ainda enriquece a gastronomia. Dá resposta a cada um dos três pilares do desenvolvimento - economia, sociedade e ambiente.

Portugal tem mais de um terço do seu território coberto com florestas e bosques. Este é um dos maiores e mais importantes recursos naturais do país e tem dado provas disso. Desde sempre. Do fogo, abrigo e alimentação com que protegia as gentes de outrora, à pasta de papel ou à cortiça que hoje alimentam uma fatia importante da economia nacional, a floresta deu o material que levou os portugueses a outras paragens ou que permitiu que a ferrovia assentasse carris pelo país fora.

Mas a soma de decisões erradas trouxe como fatura os incêndios, atiçados pelo desordenamento. Já muito se errou, já muito se corrigiu e há ainda muito a aprender. Falamos de um terço do território de Portugal.

Produto Final

  • Plantação de espécies arbóreas autóctones.
  • Plantação e colheita de girassóis para entrega aos alunos no dia do Diploma do Aluno.
  • BI das espécies selecionadas (representação gráfica e descrição).
  • Elaboração de Fatos e cartazes utilizados no Desfile de Carnaval (turma 7.º E).
  • Construção de jogos de tabuleiro com questões disciplinares.

Produtos Intermédios

  • Saída de campo para colheita de sementes
  • Seleção e preparação das sementes.
  • Sementeira em contentores
  • Transplante para vasos.
  • BI das espécies selecionadas (representação gráfica e descrição);
  • Fatos e cartazes utilizados no Desfile de Carnaval (turma 7.º E).

Disciplinas envolvidas

Para a execução deste projecto, todas as disciplinas irão dar o seu contributo.

Objetivos do projeto

  • Recolher, selecionar e organizarinformação sobre a área florestal da zona
  • Identificar as espécies arbóreas autóctones
  • Sensibilizar a comunidade escolar para a importância da floresta e alertar para os diversos problemas que têm vindo a surgir (espécies invasores, incêndios, …);
  • Ajudar na reflorestação de espécies autóctones;
  • Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para abordar situações e problemas do quotidiano;
  • Adotar metodologias personalizadas de trabalho e de aprendizagem adequadas a objetivos visados;
  • Pesquisar, selecionar e organizar informação para a transformar em conhecimento mobilizável;
  • Realizar atividades de forma autónoma, responsável e criativa;
  • Cooperar com outros em tarefas e projetos comuns;
  • Relacionar harmoniosamente o corpo com o espaço, numa perspetiva pessoal e interpessoal promotora da saúde e da qualidade de vida.
  • Potenciar o desenvolvimento de uma cidadania ativa e construtiva.

Metodologia

Divisão em grupos intraturmas e interturmas.

Diário do Projeto (em actualização)

  • BI das espécies selecionadas (cartazes)
    Pesquisa e elaboração de posters, em A3, sobre espécies autóctones, com descrição e representação gráfica.
  • Colheita de sementes (fotos)
    Recolha de sementes de espécies autóctones numa área florestal perto da escola.
  • Sementeira (fotos)
    Plantação das sementes recolhidas para germinação.
  • Transplante das jovens plantas para vasos (sementes que germinaram) (fotos)
  • Sementeira dos girassóis (fotos)
  • Visita de estudo à zona de “sapal” ou “paul” da Ria de Aveiro(Bioria - percurso de Salreu) (fotos)