WORKSHOP “Ensino Profissional”

O Workshop “Ensino Profissional” encerrou as atividades de Orientação Vocacional das turmas do 9º ano e abriu o caminho para a fase de seleção dos alunos para a frequência dos cursos profissionais no próximo ano letivo. Esta atividade decorreu no dia 16 de junho e foi dirigida aos alunos que realizaram a sua pré-inscrição nos cursos profissionais em oferta para o ano letivo 2021/2022.

Ao longo de pouco mais de uma hora, estes jovens tiveram a oportunidade de ficar a saber mais sobre os cursos de Técnico de Multimédia, Técnico de Eletrónica e Telecomunicações, Técnico de Cozinha e Pastelaria e Técnico de Restaurante e Bar.

A sessão foi dinamizada pelos Diretores de Curso e professores das disciplinas técnicas e contou ainda com a participação dos alunos António Soares e Alexandre Brandão, que apresentaram alguns trabalhos de Modelagem 3D realizados no âmbito das disciplinas técnicas da turma do 11ºG do Curso de Multimédia. Neste workshop os alunos puderam ainda visionar pequenos vídeos ilustrativos das atividades e aprendizagens associadas a cada curso, assim como assistir a uma demonstração de robótica com um Robot Segway e à preparação do Cocktail Daiquiri de Framboesa, depois oferecido na sua versão não alcoólica a cada um dos alunos presentes.

O ensino profissional possibilita aos jovens uma entrada mais direta no mercado de trabalho, o que aliado a um percurso formativo muito centrado no aluno, constitui uma das melhores formas de qualificar os jovens, sendo cada vez mais uma opção valorizada por estes e pelos encarregados de educação.

Os dados que se apresentam, recolhidos do Relatório “Avaliação do contributo do Portugal 2020 para a Promoção do Sucesso Educativo, Redução do Abandono Escolar Precoce e Empregabilidade dos Jovens” (fevereiro, 2021), testemunham esta realidade:

  • Em média, em cada 100 alunos, 87 alunos dos Cursos Profissionais (CP) completaram o ensino secundário e apenas 57 completaram o mesmo nível de ensino tendo frequentado a via de ensino dos Cursos Científico Humanístico (CCH).
  • O nível de empregabilidade/prosseguimento de estudos dos alunos que conclui o ensino secundário através da via profissional é de 72%, 6 meses após a conclusão dos cursos.
  • Para um universo de 100 alunos, 54 dos CP e 36 dos CCH encontram o seu primeiro trabalho entre 6 a 9 meses depois da conclusão da sua formação de nível secundário.
  • Nos primeiros 12 meses após encontrarem o seu primeiro trabalho, em média, os alunos dos CCH têm uma remuneração diária de 19,37 € enquanto que os dos CP chegam aos 20,08 €.

 Fotos