“Ecologia e valores- Separação de resíduos”, projeto OFA das turmas do 8.ºC, D e H

Durante este ano letivo, as turmas do 8ºC, D e H desenvolveram um projeto em Oficina de Aprendizagem, cujo objetivo principal era avaliar os conhecimentos e os hábitos de separação de resíduos dos Encarregados de Educação das três turmas.

Para isso, elaboraram e aplicaram um questionário, cujos resultados foram divulgados, em painel, à comunidade escolar, no dia 11 de junho. Esta divulgação foi acompanhada pela dinamização de jogos sobre reciclagem e lixo marinho, da responsabilidade dos alunos do 8ºH.

A análise dos resultados dos questionários permitiu constatar que: 

  • a maior parte dos encarregados de educação (78,4%) acha que é obrigação do cidadão fazer a separação do lixo, mas apenas 27,5% o fazem sempre;
  • os principais motivos que levam os encarregados de educação a não separar o lixo parecem estar relacionados com a falta de espaço em casa, não ter ecoponto perto de casa ou a falta de tempo;
  • os Encarregados de Educação que têm hábitos de separação, fazem-no com maior frequência com o plástico/embalagens (67,4%), depois com o papel (66,0%) e depois com o vidro (64,3%);
  • não ficou claro se os Encarregados de Educação sabem que não é necessário lavar as embalagens antes de as pôr no ecoponto;
  • em termos de conhecimentos sobre separação de resíduos, nas mulheres não parece evidenciada a importância da formação académica, o mesmo não acontece nos homens, que apresentam melhores resultados os que têm maior formação académica;
  • o nível de formação académica reflete-se nos hábitos de separação do lixo. Quanto mais alta mais hábitos de separação apresentam;
  • a média geral de 12,71 pontos (em 23), ou seja 55,3%, a nível do conhecimento sobre a separação do lixo, apesar de suficiente, não parece permitir uma eficaz separação do lixo.

Face à falta de hábitos de separação e de conhecimentos do processo de separação, os alunos das turmas envolveram-se nas estratégias de intervenção. As turmas 8ªC e 8ºD realizaram sessões de formação online para pais, que tiveram lugar, nos dias 21 e 22 de junho, respetivamente. Apesar de poucos Encarregados de Educação terem estado presentes, os alunos apresentadores do projeto estiveram à altura do acontecimento, tendo não só transmitido informações aos presentes no sentido de se ultrapassaram as principais lacunas evidenciadas pelos questionários, bem como sensibilizado para a separação do lixo como forma de promoção do desenvolvimento sustentável (powerpoint da apresentação).

A turma do 8ºH realizou um "Workshop Familiar - Azelhas a Reciclar???" - com uma proposta de dinâmica familiar para utilização dos recursos criados, por professores e alunos. Produziram vídeos, em pequenos grupos, na disciplina de TIC, sobre a seleção de resíduos nos diversos compartimentos da casa - "RecicLAR", dirigido às famílias. Elaboraram, também, um PowerPoint que relacionou os resultados do questionário com as soluções mais adequadas para cada questão e fizeram a sua conversão para formato vídeo para divulgar junto dos Encarregados de Educação (https://www.youtube.com/watch?v=gZUplwQgoS0).

Os professores responsáveis, Duarte Malheiro (Cidadania de Desenvolvimento e EMRC), Joana Condesso (Ciências Naturais) na turma 8ºH, e Ana Saavedra (Cidadania e Desenvolvimento) e Vera Noites (Ciências Naturais), nas turmas 8ªC e D, congratulam-se com o empenho demonstrado pelos alunos e agradecem aos professores de TIC, Matemática e Educação Visual, Carla Brandão, Isabel Brandão e Diana Tavares, o seu apoio sempre que foi necessário. Na verdade, ao logo do ano, o projeto foi enriquecido com a atividades complementares, que envolveram várias disciplinas, para além das diretamente envolvidas em OFA:

  • recolha de lixo no espaço escolar; análise dos resíduos recolhidos e tratamento gráfico dos resultados; cálculo das áreas totais de plástico recolhidas;
  • análise de lixo marinho; classificação e tratamento gráfico dos resultados;
  • elaboração de cartazes, a partir da exploração do Domínio A5 - Sustentabilidade Ambiental, utilizados como sensibilização para datas comemorativas;
  • elaboração de vídeos.

Multimédia