Curta-metragem da aluna Joana Soares de Multimédia do AEA, selecionada para AÇÃO06! - Festival de Vídeo Escolar em Viana do Castelo

A curta-metragem arouquese “Outra Passagem”, do Curso Profissional de Técnico de Multimédia, foi selecionada para a categoria melhor filme de Ficção - Ensino Secundário do AÇÃO06! - Festival de Vídeo Escolar, dos XX Encontros de Cinema de Viana do Castelo. O evento terá lugar no último trimestre do ano, em formato ainda por definir.

O diretor do Curso e orientador do projeto, realça que «o curso de multimédia mais uma vez está de parabéns. Com poucos ou nenhuns recursos os filmes escolares são de grande importância para a identidade do território arouquense, devido à qualidade do ensino na área do multimédia existente neste agrupamento». Diz ter ficado «muito satisfeito» com a seleção «fruto do nosso trabalho» e que demonstra «que os trabalhos dos alunos de multimédia têm qualidade para serem exibidos em qualquer parte do mundo em qualquer festival nacional e internacional. Cada prémio terá o valor de 500 euros (quinhentos euros) em material destinado à produção audiovisual da Escola.

Filmes selecionados: http://www.encontrosdecinema.pt/acao06_filmes.php

Júri

  • Neva Cerantola
    Licenciada em Letras com uma tese em História e Critica do Cinema (sobre cinema português) na Faculdade de Letras e Filosofia da Universidade de Pádua – Itália. Trabalha durante vários anos com o Festival 7 Sóis, 7 Luas no intercâmbio cultural luso-italiano. Socia fundadora da Festa do Cinema Italiano, criada pela Associação Il Sorpasso. Desde 2000, trabalha no Departamento da Programação da Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema e desde 2008 no serviço educativo, a Cinemateca Júnior.

  • Pedro Alves
    Doutor em Comunicação Audiovisual pela Universidade Complutense de Madrid. Professor Auxiliar Convidado da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa (Porto). Investigador integrado do CITAR-UCP. Membro da Associação Científica ICONO14 (Espanha) e da AIM (Portugal). Formador do Plano Nacional de Cinema, no norte de Portugal, desde 2015. Tem várias publicações e participações em eventos e projetos científicos, nacionais e internacionais, sobre temas como narrativa audiovisual, ficção fílmica, pragmática fílmica, cinema e educação, ou escrita de argumento. Foi co-coordenador dos livros “Aprender del cine: narrativa y didáctica” (2014), “Oficios del cine: manual para prácticas cinematográficas” (2017) e “Fusões no cinema: educação, didática e tecnologia” (2018). Foi coordenador do V Congresso Internacional de Cidades Criativas (Porto, 2017). Desde 2017 colabora com a UNESCO como consultor externo em atividades e projetos da Rede de Cidades Criativas. Trabalha em cinema desde 2007, sobretudo na área da Produção e em projetos de autores como Manoel de Oliveira ou Salomé Lamas.

  • Pedro Mota Teixeira
    Doutorado em Ciências da Comunicação, ramo Audiovisual e especialidade de Animação Digital pela Universidade do Minho, desde 2013; Mestre em Arte Multimédia desde 2007 e Licenciado em Design Comunicação, desde 2001, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Foi ainda bolseiro da École Nationale Supérieure des Beaux-Arts de Paris, em França, em 2001 onde estudou Artes Visuais. Exerce a actividade de docente do Ensino Superior desde 2001. É Professor Adjunto da Escola Superior de Design do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA), coordenador do departamento em arte e comunicação e responsável pela área disciplinar dos audiovisuais e lecciona no mestrado em Ilustração e Animação - MIA (desde 2010). É investigador do centro de investigação ID+. Tem publicado e apresentado trabalhos académicos na área do cinema de animação, desde 2009. É co-fundador e Organization Chair da Conferência Internacional de Ilustração e Animação CONFIA, desde 2012. Detém o título de Especialista (conforme decreto-lei 206/2009) na área disciplinar dos Audiovisuais atribuído pelo consórcio dos Politécnicos do Norte e APD (Associação Portuguesa de Design), desde 2011. Foi várias vezes premiado, tendo participado em diversos projetos com apoio do ICA, destacando-se, a série de TV, Major Alvega (1999) (nomeado aos prémios Emmys), a curta-metragem de animação 3D “História de Um Caramelo” (2007), contando com a participação do actor António Feio na sua primeira e única incursão na área da interpretação para cinema de animação e a série de animação “As Máquinas de Maria” (co-realizado com Marta Madureira).

 

 

 

0
0
0
s2sdefault