OUTRA PASSAGEM

O apoio psicológico é fundamental mas muitas das vezes não é suficiente. Em casos extremos e de elevado risco, o internamento psiquiátrico é considerado e um bom método de tratamento: existe supervisão constante, acompanhamento certo para cada caso e ajuda o depressivo a retirar-se do ambiente em que está inserido que poderia não ser o melhor para a sua recuperação ou estabilização.

Orientador // Prof. Carlos Gonçalves | Contactar Alumni: joanamanuel2001@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *