Mobilidade e Aprendizagem na Europa

Apresentação

O projeto do AEA “Mobilidade e Aprendizagem na Europa”, aprovado no âmbito do Programa ERASMUS+, tem como público-alvo os alunos dos cursos profissionais.

Resumo

O projeto tem como público-alvo os alunos dos cursos profissionais de Técnico de Multimédia, Técnico de Eletrónica e Telecomunicações e Técnico de Restauração de 12º ano e estão previstas 12 mobilidades de 12 semanas para a realização de estágios curriculares.

Os destinos escolhidos, Espanha, Reino Unido e Bulgária, permitem assegurar a diversidade cultural, linguística, laboral e económica.

Esperamos assim que os participantes regressem com um perfil pessoal e profissional reforçado que os aproxime dos seus projetos de vida, ao capacitá-los, motivá-los e dar-lhes ferramentas e oportunidades de viajar e conhecer a Europa e outras pessoas. Esta mobilidade terá impacto na conclusão do curso, do estágio, da PAP e de eventuais módulos em atraso com assiduidade, criatividade e motivação. Ao nível do Agrupamento, procura-se uma maior visibilidade, reconhecimento e valorização do serviço público educativo prestado pelo Agrupamento, em particular da formação profissional e uma maior capacidade de identificar apoios e oportunidades para alunos, alargando a perspetiva para o nível europeu. A estas corresponde necessariamente uma melhoria e diversificação da oferta formativa, decorrente das aprendizagens com as realidades europeias e o mundo do trabalho com que contactaremos.

Considerando a caracterização do Concelho de Arouca e da região, em termos de escolaridade, ocupação e setores económicos, torna-se claro como cada jovem mais qualificado beneficia o tecido empresarial. Cada jovem é um potencial/futuro trabalhador que traz mais competências, capacidade de inovar e de pensar de forma crítica e know-how sobre técnicas, redes e realidades europeias.

Finalmente, o nosso projeto e a nossa visão de mobilidade serão mais um contributo nacional e europeu para a mobilidade de jovens, para a qualidade da sua formação, certificação, reconhecida e valorizada em contexto internacional, com vista à prosperidade europeia.

Etapas do processo de candidatura

1 - SESSÃO INFORMATIVA junto das turmas dos cursos profissionais
2 - PRÉ-INSCRIÇÃO em formulário próprio
3 - PRÉ-SELEÇÃO de candidatos
4 - ENTREVISTA aos candidatos pré-selecionados
5 - SELEÇÃO final
6 - PUBLICAÇÃO da lista de bolsas atribuidas
7 - INSCRIÇÃO dos participantes

Critérios de seleção dos participantes

Critérios Obrigatórios

  1. Ser aluno de 11º/12º de um dos cursos de FP nível IV;
  2. Ter nacionalidade portuguesa, de um país europeu;
  3. Autorização de residência válida para toda a mobilidade (caso seja nacional de um país terceiro);
  4. Não ter usufruído de bolsas Erasmus+ por mais de 9 meses.

Critérios Preferenciais

  1. Motivação para participar
  2. Maturidade
  3. Domínio do inglês e/ou das línguas dos países de destino
  4. Aproveitamento escolar
  5. Que nunca tenha viajado
  6. Participação ativa na vida escolar

Documentos