Uma escola diferente

Encontrei uma escola diferente!

Ontem na Escola da Ponte, conheci um projeto exemplar. Visitei as turmas do Pré-Escolar ao 9º ano e tive alunos a dizer-me coisas como:

  • Eu planifico a minha quinzena e vou avaliando o que já aprendi e ainda tenho de aprender.
  • Quem decide sobre a minha avaliação sou eu. Eu é que informo o orientador pedagógico que já sei e que estou apto a ser avaliado.

Falar sobre a Escola da Ponte, é referirmo-nos a uma escola portuguesa onde não há turmas, aulas expositivas ou testes sumativos marcados previamente e iguais para todos os alunos. Na Escola da Ponte desconstrói-se a gramática da escola tradicional.

A Escola da Ponte é uma escola inovadora, de sucesso, onde a aprendizagem tem sentido, pois cada aluno é visto como um caso único e irrepetível e toda a dinâmica constrói uma educação na cidadania.

Em todas as salas vi os alunos a trabalhar de forma autónoma, empenhada, disciplinada, em grupo enquanto os professores, melhor, os orientadores pedagógicos, estavam em segundo plano, não impondo a sua presença, libertos para apoiar os que mais precisam.

Senti-me diferente. Estive naquela escola mais de duas horas, percorri todos os seus espaços e apenas falei com alunos, tudo foi decidido e resolvido pelos alunos, eles foram do início ao fim os atores principais. E que bem que desempenharam o seu papel!

Nesta escola educa-se e não se desiste dos alunos.

Obrigada por partilharem comigo esta escola tão especial.

Visualizem os vídeos destes links.

Esta visita decorreu no âmbito do Projeto Piloto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, em implementação no nosso Agrupamento e contou com um grupo de 10 professores do 1º, 2º e 3º ciclo, a trabalhar no projeto.

Fotos